OBRAS E MAIS ASFALTO

terça-feira, 6 de junho de 2017

Fábio Braga recebe integrantes do Projeto ABC Cerrado de Vargem Grande

Fábio Braga e integrantes do Projeto ABC Cerrado.
Vargem Grande foi palco no último sábado (03) de uma visita técnica de integrantes do Projeto ABC Cerrado, que estiveram na Fazenda Cristal, de propriedade do deputado Fábio Braga, com o objetivo de dar continuidade ao treinamento que a coordenação do Projeto realiza em várias regiões do estado, e que inclui capacitação de mão de obra, assistência técnica e realização de eventos para melhorar as práticas tecnologias tradicionais, e incorporar novas tecnologias ao setor, como a “recuperação de pastagens degradadas”, por exemplo.

A visita foi muito proveitosa porque por onde passa, o Projeto difunde a ideia de inovação tecnológica a baixo custo de produção em busca de uma agricultura sustentável. Para isso, conta com o comando do Senar Maranhão e de seus parceiros como o banco Mundial; o Ministério de Agricultura Pecuária e Abastecimento - Mapa; a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa; o Governo Estadual, através da Sagrima; o Instituto Federal do Maranhão – IFMA, e a Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Fábio Braga e integrantes do Projeto ABC Cerrado.
O deputado Fábio Braga mostrou-se satisfeito com a presença e com a iniciativa do ABC Cerrado em sua propriedade, colocou-se à disposição para colaborar com o Programa dentro ou fora da Assembleia Legislativa, e reafirmou que estava à disposição do grupo, para a realização de qualquer tipo de pesquisa, de treinamento, de melhoramento genético ou de outras práticas agropecuárias que resultassem no avanço do produtor rural, onde ele próprio se inclui, e do setor agropecuário do Estado, onde ele se considera um dos incentivadores.

E lembrou que a atividade agropecuária poderá dar uma contribuição muito mais significativa ao desenvolvimento do Maranhão, necessitando, para isso que “haja uma maior interação dos produtores rurais com o governo do estado, com as prefeituras municipais, com os sindicatos e associações de classe, com as universidades, enfim, com todos aqueles que podem e querem contribuir para o surgimento de um novo tipo de atividade rural, onde se alcance uma maior escala de produção e um melhor aproveitamento das cadeias produtivas” - opinou.

Prometeu continuar lutando para o avanço da atividade, principalmente no que se refere à construção da infraestrutura que o setor tanto reclama, como a melhoria das estradas, por exemplo.

E finalizou suas observações sobre a visita do ABC Cerrado dizendo que está particularmente preocupado com a malha viária do Oeste Maranhense e do Baixo Parnaíba “por serem microrregiões com grande potencial de desenvolvimento, sobretudo para o agronegócio e para o turismo, mas que precisam ter um nível de estradas melhor, para que o transporte de pessoas e de mercadorias flua sem grandes atropelos e estimule mais objetivamente o aparecimento de novos negócios” – finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário